Já pensou na importância de capacitar um instrutor? Além da qualidade do seu CFC aumentar com um alto nível de aprovação dos alunos, a formação e capacitação de condutores de veículos automotores é uma tarefa de grande importância e utilidade pública. Por isso, o corpo técnico de instrutores de um CFC deve ser devidamente habilitado e qualificado para prepará-los de forma teórica e prática. Saiba mais.

O trabalho de um instrutor de trânsito é tão importante para o aluno e para a sociedade, quanto para o próprio Centro de Formação de Condutores onde ele atua. Veja a relevância e os benefícios de capacitar os instrutores da sua autoescola.

1. Contribuir para a qualidade dos serviços do CFC

Contribuir para a qualidade dos serviços do CFC

O Serviço de Capacitação de CFCs é o órgão responsável, dentre outras atribuições, pelo programa de formação de instrutores de trânsito.

Essa é uma exigência legal para o funcionamento dos Centros, que somente serão autorizados a funcionar caso comprovem a existência de pessoal qualificado para o exercício de suas funções.

Os instrutores têm o objetivo de garantir a qualidade da formação do condutor, e o seu desempenho no exercício dessa função refletirá na reputação e qualidade da empresa em que trabalha.

Um bom profissional ofertará um serviço qualificado e especializado, o que consequentemente contribuirá para a consolidação de uma imagem positiva do seu CFC.

Por isso, deve sempre existir a preocupação em atualizá-lo a respeito de novas leis e metodologias de ensino.

2. Capacitar um instrutor para exercer um importante papel social

2. Capacitar um instrutor para exercer um importante papel social

A função primeira de um instrutor é capacitar futuros condutores de veículos automotores, estimulando uma boa convivência social no trânsito.

Essa atribuição é importante para ajudar a manter a ordem e a harmonia nas ruas, condições básicas para que a circulação de veículos se dê de forma tranquila.

O instrutor tem o papel de conscientizar seus alunos sobre as melhores práticas na direção, pensando no bem coletivo e contribuindo para a segurança no trânsito. Um motorista cuidadoso e que pratica a direção defensiva é capaz de evitar acidentes.

Lembre-se que o instrutor deve ser o exemplo, o modelo a ser seguido pelo aluno. De nada adianta ele dar as instruções corretas ao futuro condutor, se ele próprio se portar mal com os outros motoristas ou cometer alguma infração quando estiver ao volante.

3. Manter um bom relacionamento interpessoal com os alunos

Manter um bom relacionamento interpessoal com os alunos

Um ponto de extrema importância é o bom relacionamento entre instrutor e aluno.

Estudos mostram que quando o aprendiz percebe uma conexão entre a atividade que está realizando e suas consequências práticas, ele absorve as informações de maneira mais significativa.

É papel do instrutor fomentar esse interesse no aluno, podendo se valer de sua relação interpessoal com ele para esse fim.

É muito mais fácil respeitar e admirar alguém por quem temos empatia. Portanto, um instrutor paciente, atencioso e com bons métodos de ensino para facilitar essa inter-relação será mais bem-sucedido na tarefa de ensinar. Aqui está uma das grandes vantagens de capacitar um instrutor.

Leia também: Como contratar e manter um bom instrutor de trânsito

Outro aspecto que favorece a aprendizagem é o feedback que o aluno recebe. O instrutor deve atentar-se a isso, buscando dar aos futuros condutores um retorno sobre como está seu desempenho.

Desta forma, dará a eles a oportunidade de praticar e desenvolver as habilidades em que ainda não alcançaram a performance desejada.

Estas são algumas características dos melhores instrutores de trânsito. A qualificação de um bom instrutor é peça-chave no sucesso de seu CFC, portanto não deixe de se atentar a isso!

Levando em conta os benefícios da qualificação dos funcionários para o crescimento da sua autoescola, é fundamental capacitar um instrutor.

.

O que achou dessas dicas?  Tem alguma dúvida ou gostaria de compartilhar suas experiências? Deixe seu comentário!

8203

Este post tem 2 comentários

  1. Izael pereire

    Bom dia meu nome é Izael, gostaria de saber se precisa ter algum curso além do cfc e ser um bom motorista para se candidatar a vagar de instrutor?

    1. GestorCFC

      Olá, Izael
      Para ser instrutor de trânsito é necessário providenciar a capacitação no Detran da sua região ou realizar o curso em instituições credenciadas para tal. Também é preciso ser maior de 21 anos, ter ensino médio completo, ser habilitado no mínimo há 2 anos e ser aprovado em avaliação psicológica para fins pedagógicos.
      Agradecemos sua visita e esperamos ter ajudado!

Comentários encerrados.