GestorCFC

Sobre atrair clientes: 5 maneiras de receber um NÃO

Sobre atrair clientes: 5 maneiras de receber um NÃO

Atrair clientes tem sido uma batalha difícil pra você? E se você descobrir que isso acontece por conta de detalhes que vem passando despercebidos? Descubra 5 maneiras de receber um NÃO dos clientes e veja se não está cometendo algum destes erros no seu CFC.

Seu Centro de Formação de Condutores tem um ambiente agradável, oferece uma boa quantidade de serviços interessantes para os clientes e, mesmo assim, eles parecem fugir? Talvez o que afeta o seu desempenho seja algum destes erros:

1. Esconda-se. Ou melhor: torne-se invisível

invisivel

Sempre comentamos a respeito da importância de ter uma presença online. Se o seu CFC ainda não está na internet, vai acabar entregando o cliente de bandeja para quem está lá, quando ele procura por uma autoescola.

Veja o que descobrimos sobre a presença das autoescolas na internet:

  • Metade dos CFCs ainda não tem site. E, da metade que já tem, apenas 25% deles estão nas redes sociais.
  • As pessoas não tem tempo pra ir até o seu estabelecimento só pra pegar informações sobre os cursos, por isso é preciso ser encontrado com facilidade. E mais: passar informações corretas ao cliente (endereço e telefone são o mínimo).

Você sabia que as pessoas consultam a internet pelo celular em média 150 vezes por dia? Não perca essa oportunidade de estar visível.

Veja este infográfico com números surpreendentes que mostram quantos clientes em potencial você pode atingir na internet.

Há uns 10 anos atrás, ter um site profissional era algo bem caro. Era preciso contratar alguém pra isso e ainda testar várias vezes pra ver se estava tudo de acordo.

Hoje, você pode ter até ter um site de graça, se quiser. Existem ferramentas e plataformas que facilitam a criação de sites com visual profissional, hospedagem gratuita e muito mais. Ou seja, não tem desculpa pra continuar invisível.

Além de um site profissional para autoescola, ter uma página no Facebook ou no Google Plus, por exemplo, não custa nada – e ainda garante visibilidade, atraindo mais clientes para a sua autoescola.

2. Pior do que estar invisível é estar ‘mal vestido’

desorganizado

O que é estar “mal vestido” na internet? Simples: é ter um site ultrapassado ou mal feito.

O seu Centro de Formação de Condutores pode ter a melhor equipe da região, um ambiente acolhedor, bem organizado e limpo. Mas se o seu site for feio ou ultrapassado, é esta a imagem que vai passar aos potenciais clientes.

Se o seu site pertence à década passada (e custou bem caro), pense em renová-lo. Se você não sabe bem qual modelo aplicar, visite os sites de empresas que você admira. Geralmente se tira boas ideias disso.

Mais uma dica fundamental: seu site precisa ser responsivo. Ou seja, deve se adaptar a todos os tamanhos de tela.

Mais de 60% da pessoas acessam a internet através de dispositivos com telas pequenas, como smartphones e tablets.

Estamos na era da comunicação instantânea e a sua autoescola é uma empresa moderna, certo? Cada vez mais você vai receber e-mails de clientes e potenciais compradores querendo obter informações sobre os cursos.

Se você não tiver tempo disponível para responder a todas as mensagens, defina um colaborador que fique responsável por isso. É muito importante demonstrar que a sua empresa está acompanhando as mudanças do mercado e o modo como os clientes se comunicam hoje em dia.

Veja também: [Infográfico] 8 motivos para sua autoescola ter um aplicativo

3. Deixe o cliente esperando (bastante) na linha

Ninguém gosta de esperar. A gente se sente prejudicado quando chega no caixa do supermercado e tem de esperar a moça fazer longas anotações nos recibos, depois passar um paninho com álcool no balcão e depois conversar um pouco com o empacotador. Enquanto isso, lançamos um olhar 44 fuzilante (que ela nem nota).

É que ela não percebe que está tomando um tempo que não lhe pertence. É o meu, o seu tempo!

Teste o seu atendimento. Peça a alguém para ligar para o seu CFC e veja se está tudo bem. Melhor do que isso: treine a sua linha de frente. Ela é muito valiosa se for bem treinada.

Não é possível que um cliente ligue para a sua autoescola e fique pendurado na linha porque tem gente sendo atendida no balcão. Verifique a necessidade de colocar mais colaboradores no atendimento, mas não deixe o cliente furioso do outro lado da linha.

4. Cara, eu tenho essas opções pra você

what

Uma coisa é tentar uma aproximação amigável com o cliente. Outra coisa é tentar cruzar uma porta que você não sabe se ele está disposto a abrir.

Para alguns clientes, pode ser simpático receber um tratamento mais próximo, mas pra outros pode parecer que você está ‘forçando a amizade’. E dependendo do termo que você usar, pode até ser deseducado.

Nesse ponto, ainda vale aquela história do treinamento da equipe. Sejam os atendentes (sua linha de frente), sejam os vendedores e até mesmo o seu gerente.

Principalmente nas pequenas empresas, alguns cargos são concedidos por conta dos “anos de casa” que um colaborador tem na empresa ou por sua amizade com o dono – e não há nada de errado com isso. Mas, quanto melhor eles estiverem preparados, melhores serão seus resultados na abordagem para atrair clientes.

Estudos revelam que o som mais agradável pra nós é ouvir o nosso próprio nome. Então, chame o cliente pelo nome. Isso sim, é atenção, proximidade e educação.

Antes de ofertar sem parar os serviços do seu CFC, crie uma aproximação com seu cliente. Antes de termos uma carteira, somos pessoas. Faça-o se sentir entendido e atendido com atenção. Mostre que você não está ali só pra vender alguma coisa rápido. Isso vai fazer a diferença.

5. Mostre com orgulho a sua mesa cheia de papéis

mesa-papeis

A primeira impressão é a que fica. E o cliente está vendo a sua mesa cheia de papéis. O que ele vai pensar sobre o seu CFC?

Provavelmente, a mesma coisa que você vai pensar se for naquela oficina com 30 carros abertos ao mesmo tempo e peças jogadas por todos os cantos.

Quantas empresas você conhece que ainda usam uma montanha de papel hoje em dia? Se a comunicação é quase toda feita por meios eletrônicos (nem Fax se usa mais), se os controles administrativos são feitos no computador e, se o uso do papel hoje vai contra a saúde do meio ambiente existe algo errado com quem usa muito papel.

Vendo uma mesa cheia de papeis, o cliente logo pensa que seus dados pessoais estarão em risco.

Também vai pensar que a empresa é desorganizada, terá dúvida de que suas aulas sejam realmente marcadas no tempo certo e mais: vai ter medo de ser cobrado 2 vezes pelo mesmo serviço quando menos esperar.

O investimento em um sistema para autoescola hoje em dia é tão acessível, que não dá pra acreditar que alguns gestores ainda estejam perdendo tempo, arriscando o dinheiro do caixa todos os dias e perdendo clientes por conta de falhas na organização de dados.

Frequentemente, as pessoas querem fazer parte de algo maior que elas. Atrair clientes também tem suas  estratégias. E uma delas é a organização.

Se você se encaixa nessa situação, aproveite para conhecer nossa ferramenta GestorCFC. Feita sob medida para ajudar os Centros de Formação de Condutores a ter total controle, mais qualidade na gestão e atrair mais clientes.

As dicas que você viu hoje tratam de pequenas coisas que passam despercebidas, mas fazem muita diferença. Pense nisso e não deixe de atrair clientes por um detalhe.

.

E então, o que você achou dessas dicas? Deixe seu comentário!

Novidade em Marketing para Autoescola/CFC

Conheça a nova versão do SiteCFC. A solução mais simples, completa e acessível para sua autoescola ter um site que GERA VENDAS!

Seja encontrado no Google

Atenda pelo Whatsapp

Publique o que é importante

Acesso à Área do Aluno

Divulgue e venda como nunca

Fechar Menu
GestorCFC