GestorCFC

Os 6 controles financeiros fundamentais para seu CFC não fracassar

Os 6 controles financeiros fundamentais para seu CFC não fracassar

São 6 os controles financeiros essenciais que toda empresa precisa manter em ordem para não fracassar. Confira quais são eles, verifique se o seu CFC está com tudo em dia e mantenha o negócio rodando bem. 


Gerir uma empresa requer conhecimento nas diversas áreas e processos que a compõem e quando falamos sobre controles financeiros, o cuidado deve ser redobrado. Isto porque,o setor financeiro funciona como um motor que movimenta todos os outros setores do negócio. Quando as contas vão mal, todo o resto é afetado.

A empresa que não trata com disciplina controles como: fluxo de caixa,  contas a pagar e vendas, pode estar caindo em uma armadilha.

Os 6 controles financeiros fundamentais

controles financeiros e controle de caixa

Veja, a seguir, quais são os controles financeiros essenciais e identifique quais deles já aplica em seu CFC e quais ainda precisam ser melhorados.

1. Controle diário de caixa

Para entender melhor a importância do controle de caixa,  imagine não saber que um dos seus colaboradores retira dinheiro do caixa da empresa para fins pessoais. Na ausência de um controle diário, talvez o caso seja descoberto quando os desvios forem grandiosos e, quem sabe, tarde demais.

Por meio do registro de todas as entradas e saídas do caixa será possível obter um resumo diário, saldo de caixa sempre atualizado e ainda possuir a base para outro controle: o Fluxo de Caixa.

Veja 5 passos para melhorar o fluxo de caixa do seu CFC.

2. Controle bancário

O monitoramento das movimentações bancárias é importante para o controle do fluxo de caixa e encontro de contas, uma vez que o setor financeiro trabalha com previsões de entradas e saídas.

Movimentações bancárias são previsíveis, incluem taxas, pagamentos de boletos e entradas de clientes, mas precisam ser confirmadas e corrigidas se necessário.

O controle de saldo bancário também é importante para análise de possibilidades de investimentos além de verificar se a empresa conseguirá cumprir com suas obrigações de pagamentos.

3. Controle diário de vendas

Este controle contribui muito para a previsibilidade necessária ao setor financeiro. Por meio dele é possível organizar os recebimentos nas respectivas datas: vendas à vista e vendas a prazo, devidamente organizadas pela data da entrada dos recursos.

O controle de vendas também é uma ferramenta importante para a tomada de decisões por parte do gestor e funciona como um ”termômetro”. Com base no valor acumulado por dia e nos meses anteriores, o empreendedor tem condições de criar ações para atingir metas e ainda verificar se o movimento segue uma normalidade.

4. Controle de contas a receber e contas a pagar

Funciona como um cruzamento que reúne as entradas e saídas financeiras e confronta os dados. O objetivo deste controle financeiro é conciliar ambos evitando que existam mais contas a pagar do que entradas de recursos.

Dessa forma, o empreendedor dispõe de segurança ao fechar uma compra com um fornecedor, além de promover ações de venda para cobrir algum imprevisto.

controles financeiros

5. Controle mensal de despesas

Funciona como um painel de todas as despesas da empresa. Com essas informações reunidas, é possível acompanhar a evolução de valores mês a mês e, quem sabe, até promover campanhas com a equipe para o uso consciente dos recursos ou até mesmo o corte de alguns gastos.

Os gestores que possuem um sistema de gestão, podem obter essas informações gerando relatórios rápidos, precisos e confiáveis. O custo da implantação do sistema é bastante acessível, mas a diferença no controle financeiro é imensa. Veja porque substituir planilhas por um software.

6. Relatórios analíticos

Os relatórios integram os dados produzindo informações para todo tipo de análise da administração. São indicadores que representam a situação atual da empresa e o caminho a ser seguido.

Cabe ao empreendedor organizar o setor financeiro de sua autoescola de maneira que os controles financeiros sejam executados pelos colaboradores com zelo e disciplina.

Sempre que necessário, ou para simples conferência, solicite a apresentação dos controles financeiros. Mas não seja você o responsável por alimentar todos os dados diariamente. Afinal, lhe cabe a tarefa de monitorar, cobrar resultados e, no âmbito operacional, apenas direcionar e tomar decisões. Suas energias devem ser focadas no planejamento estratégico, busca de novos clientes, formação de parcerias e visibilidade do seu CFC.

Esteja certo de que, mantendo os controles financeiros sempre em dia, são bem maiores as possibilidades de agir preventivamente e não apenas quando as contas ficam no vermelho.

Seu CFC já executa esses controles financeiros? Tem alguma dica importante que gostaria de compartilhar para enriquecer o assunto? Queremos conhecer sua opinião. Deixe seu comentário!

Novidade em Marketing para Autoescola/CFC

Conheça a nova versão do SiteCFC. A solução mais simples, completa e acessível para sua autoescola ter um site que GERA VENDAS!

Seja encontrado no Google

Atenda pelo Whatsapp

Publique o que é importante

Acesso à Área do Aluno

Divulgue e venda como nunca

 

Fechar Menu
GestorCFC